COLMEIA, Dj Johnny



Créditos fotográficos: LXJS#Toscano

  • Local: AURA LOUNGE, Volta do Duche

Colmeia é uma instalação áudio e vídeo da autoria de DJ Johnny e que irá acolher autênticas lendas vivas da cena musical e visual nacional: Dj Tiago, Vj Luís Lázaro, Dj Skalator, Vj Miguel Osório, Dj Johnny, VJ PTV, Dj Wize e Vj Uliarud Uliarud. Situada no Aura Lounge, esta instalação reforça a importância de trabalharmos em conjunto pela defesa da biodiversidade no planeta. Cerca de 85% das plantas com flores dependem de polinizadores como as abelhas. Se o ciclo se quebra, os ecossistemas e a biodiversidade estarão ameaçados, como acontece atualmente.

Disse Albert Einstein que “se as abelhas desaparecerem da face da Terra, a humanidade terá apenas mais quatro anos de existência. Sem abelhas não há polinização, não há reprodução da flora, sem flora não há animais, sem animais, não haverá humanos”. É desta ideia que surge o programa COLMEIA. Os modos de sustentabilidade e de sobrevivência das colmeias permitem-nos estabelecer uma analogia direta contrastante com a presente insustentabilidade das opções humanas. O trabalho coletivo desenvolvido em COLMEIA estimula-nos para pensarmos na responsabilidade que os seres humanos devem assumir face aos habitats constitutivos do planeta Terra. Num só movimento, os humanos podem desencadear novos ciclos de destruição, capazes de levar à extinção de inúmeras espécies; e num só movimento, também, a extinção pode alargar-se para além do imaginado e replicar-se contra o poder destrutivo dos próprios humanos que a desencadearam. COLMEIA apresenta-se como um símbolo de respeito ao poder desses ciclos naturais do planeta Terra, desvelando atmosferas imagéticas e sonoras (vídeo e áudio) que equacionam caminhos: o que nos leva à preservação dos ciclos naturais e o que nos encaminha para a extinção.  

 

Programa 

 

Quinta, 1 de agosto 

 

DJ TIAGO 

Artista sintrense, Tiago é uma das lendas vivas do Lux e que prossegue os eu trabalho nesta Lisboa que tem ajudado a definir. Ele é o chefe na Interzona 13, decide as edições, num espírito de generosidade que faz com que a editora não seja mero veículo para a sua própria música. Já acontecia assim com a Ruby Red. Tiago é um criador de bases, plataformas, agregador de talentos, facilitador de contactos que conduzem a um livre intercâmbio de ideias. Já não parece muito interessado em ser apenas um DJ. Na verdade, acompanhando-o, já percebemos isso pelo menos há tanto tempo quanto o Lux tem de existência: 20 anos. Mas como DJ? Uau. Total respeito pela corrente de alma que a música transporta, quando é genuína. 

 

VJ LUIS LAZARO 

Luís Lázaro, 1971, Vila Franca de Xira. Estudou na António Arroio, formação no IADE em design gráfico e FBAUL na área de Pintura. Divide-se pelas áreas da pintura, ilustração, design gráfico e videografismo. Publica ilustração desde 1995 em jornais e revistas como, Independente, Jornal de Notícias, Diário de Notícias, Público, Jornal de negócios, jornal i, Egoísta, Expresso, entre outros. Na área da ilustração, destacam-se, entre vários prémios, cinco Awards of Excellence atribuídos pela SND (Society for News Design), entre 2001 e 2004. Em coautoria, em 2011 o prémio Stuart, em 2014 o 1.º prémio Porto cartoon e um Silver Award atribuído pela Society of Ilustrators (EUA). Ilustrou livros como “Escritos de viagem”, de Carlos Maria Trindade, e “Rádio Macau”, de Vitor Lindengard. Em 1995 fundou a PK design. Entre os projetos desenvolvidos destacam-se as colaborações com as editoras de música, Polygram, Valentim de Carvalho, Norte Sul, Universal, Lupeca, Nylon e Orfeu. Na área do videografismo é, desde 2016, membro fundador do colectivo OVO dedicado à exploração e manipulação de grafismos vídeo digitais (motion graphics 2D/3D, videomapping). Desde 1995 que expõe e vende pintura. Encontra-se, entre outros projetos, a preparar exposições de pintura e a publicação de um livro de desenho.

 

Sexta, 2 de agosto 

 

DJ SKALATOR 

Skalator aka Gil Bastos, natural de Lisboa, é produtor musical e DJ. O seu interesse pela música foi crescendo desde pequeno, influenciado pela coleção de vinil e de cassetes dos pais. No início, começou por aprofundar o seu conhecimento musical através do Downtempo, do Trip-Hop e do Acid Jazz. A introdução ao Jungle e ao Drum and Bass fez-se através da rádio, onde ouvia regularmente a Voxx e a XFM. Nomes como Jazzanova, Trüby Trio, Fabio & Grooverider, LTJ Bukem, Calibre, Gilles Peterson, Thievery Corporation, Kruder & Dorfmeister, Sofa Surfers e Omni Trio perfilam-se como as suas principais referências musicais e bons exemplos dessa sonoridade, e que acabam naturalmente por se refletir nas suas produções. Os primeiros passos na produção musical foram dados em 2003, quando estudou Som e Produção Musical na Restart, em Lisboa. Mais tarde, em 2006, aliado à ambição de querer aprender mais sobre produção musical, embarcou na aventura de ir estudar para a Universidade de Brighton, no Reino Unido, licenciatura essa que conclui em 2009. De regresso a Portugal em 2011, começou a planear qual a melhor forma de editar as suas próprias produções e, em 2014, surge a “Skalator Music”, editora dedicada à bass music que se faz por cá e fora de portas.

 

www.soundcloud.com/skalator 

www.facebook.com/skalatordj 

http://skalatormusic.bandcamp.com 

 

VJ MIGUEL OSÓRIO 

Aka VYU é um artista sintrense que, desde 1998, participa, concebe e cria objetos artísticos na área do audiovisual para eventos culturais e institucionais.  Como freelancer ou colaborador em vários estúdios, criou e participou em produtos e instalações multimédia para: Festivais Culturais e de Música (Optimus Alive, Sudoeste Tmn, Antipop, Palco Ruc, Caldas Late Night etc); Bandas Portuguesas (Orelha Negra, Buraka Som Sistema, Tiago Bettencourt, JP Simões, Valete, CoolHipNoise, entre outros); Conferências (Turismo Portugal, BP, PT, etc). Foi VJ residente LUX Fragil (2002/2006), entre outros clubs e eventos em Portugal, Espanha e Reino Unido. Atualmente responsável pela produtora BLINQ, onde desenvolve produção de objetos multimédia, atua com o nome de VYU (vj and visuals) e criação sonora experimental como OSABI. 

 

https://www.facebook.com/vjVYU/

https://soundcloud.com/osabi

https://www.mixcloud.com/osabi/

 

Sábado, 3 de agosto 

 

DJ JOHNNY 

Mesmo para os mais desprevenidos, o nome não passa despercebido. São já 20 anos como DJ desde as saudosas festas em clubes mais underground até aos festivais de música mais massivos. Na linha da frente, assistiu “in loco” à evolução da música de dança no cenário português. Os seus programas de rádio - primeiro no RCP e XFM, depois na rádio Marginal e Rádio Oxigénio - foram uma das forças propulsoras do movimento drum’n’bass no nosso país. Mas o seu universo musical estende-se muito para além disso: aposta no cruzamento das sonoridades jazz, soul, hip hop, afro dance hall, reggae com as linguagens mais modernas da música de dança. Membro fundador dos coletivos Cooltrain Crew, Raska Sound System, FanKambaReggae e Afro Blu DJs organiza e produz eventos musicais e artísticos (Lux Jazz Sessions, CHANGE, Back2daFunk@Bicaense, Chocolate Flavours, etc.).

https://www.facebook.com/djjohnnycooltrain/

https://www.mixcloud.com/johnnycooltrain/ 

https://www.mixcloud.com/lxjazzsessions/

 

VJ PTV 

É videojammer desde 1996, tem ilustrado músicas e músicos ao longo destes 23 anos em clubes, festivais e eventos artísticos. João Pinto (PTV), quase nos 50, com 20 anos de videojamming. Realizador e amante de música, vive atualmente em Maputo. Com um percurso sempre ligado à imagem, realizou documentários e colaborou / divulgou dança contemporânea portuguesa e artes performativas. Colabora com o DJ Johnny desde 1996.

 

Domingo, 4 de agosto 

 

DJ WIZE 

A Wise man once said: “Bass! How low can you go?!” Dj Wize aka Jahwize, é filho adotivo de Sintra, a jogar em casa. A sua paixão pelo vinil surgiu há 15 anos, quando começou a colecioná-los e a tocar pelos bares e discotecas da zona do Bairro Alto e Cais Sodré. Entre 2006 e 2016 passa a fazer parte do mítico coletivo de toasters e djs 'Riddim Culture Sound', fazendo a festa por algumas das melhores salas e festivais do país. Após um período de pausa no coletivo, junta-se, em 2017, à crew Y.K, disparando os beats e controlando a pressão sonora do incontornável Allen Halloween. 

 

VJ ULIARUD ULIARUD 

Nascido em Lisboa, é um artista multidisciplinar e autodidata que cria um universo de texturas padrões e movimentos usando um antigo retroprojector (liquid light show). A sua performance é um laboratório onde cria um mundo visual que nos remete para um mundo andrógino e psicadélico.

_MG_7127

Sobre DJ JOHNNY


  • Angola/Portugal

Mesmo para os mais desprevenidos, o nome não passa despercebido. São já 20 anos como DJ desde as saudosas festas em clubes mais underground até aos festivais de música mais massivos. Na linha da frente, assistiu “in loco” à evolução da música de dança no cenário português. Os seus programas de rádio - primeiro no RCP e XFM, depois na rádio Marginal e Rádio Oxigénio - foram uma das forças propulsoras do movimento drum’n’bass no nosso país. Mas o seu universo musical estende-se muito para além disso: aposta no cruzamento das sonoridades jazz, soul, hip hop, afro dance hall, reggae com as linguagens mais modernas da música de dança. Membro fundador dos coletivos Cooltrain Crew, Raska Sound System, FanKambaReggae e Afro Blu DJs organiza e produz eventos musicais e artísticos (Lux Jazz Sessions, CHANGE, Back2daFunk@Bicaense, Chocolate Flavours, etc.).

https://www.facebook.com/djjohnnycooltrain/

https://www.mixcloud.com/johnnycooltrain/ 

https://www.mixcloud.com/lxjazzsessions/


APRESENTAÇÃO